de
  • UPS está aberta para negócios: Impactos de serviço relacionados ao Coronavirus...Mais
  • Suspension of Service Guarantee...Mais
  • Changes to EU VAT Rules Effective July 1, 2021...Mais
Pular para Conteúdo Principal

Embalagem Original do Fabricante

A embalagem original do fabricante é normalmente projetada para remessas paletizadas para carga em vez de remessas de peças únicas. Além disso, essas embalagens projetadas para enviar o produto uma única vez, não várias vezes. Sendo assim, a reutilização da embalagem original do fabricante do equipamento para fazer uma remessa no ambiente de pacote único aumenta o risco de danos ao produto. A caixa original do fabricante deve ser usada apenas se for nova ou semi nova e tiver sido projetada especialmente para resistir a impacto.

Utilizando Apenas a Embalagem Original do Fabricante

Utilize a embalagem original de um fabricante apenas se ela for nova ou semi nova. Quanto mais vezes uma caixa for utilizada, mais ela perde as qualidades originais de proteção e pode não proteger adequadamente sua remessa. Certifique-se de que a caixa esteja rígida e em excelentes condições, sem perfurações, rupturas, rasgos ou danos nos cantos e que todas as abas estejam intactas. Caixas de sapatos ou caixas de papel cartão nunca devem ser utilizadas. Remova etiquetas de endereço antigas, indicadores de Materiais Perigosos tais como etiquetas de diamantes e marcas, bem como marcas de entrega e códigos de barra da remessa anterior. Certifique-se de que a espuma interna não esteja rachada ou quebrada. Se a espuma estiver quebrada, substitua a mesma com uma nova inserção de espuma.

Colocando a Embalagem Original do Fabricante com Outra Caixa

Outra opção que inclui a utilização da embalagem original do fabricante é a utilização de duas caixas. Todos os equipamentos eletrônicos devem utilizar caixas duplas, a não ser que a caixa satisfaça as condições especiais de reutilização mencionadas anteriormente. Para fazer uma caixa dupla com a embalagem original do fabricante:

Certifique-se de que a embalagem interna esteja em boas condições e de que a espuma interna não esteja rachada ou quebrada. Se a espuma estiver danificada, substitua a mesma com novas inserções de espuma ou faça o conserto com uma fita adesiva sensível à pressão com duas polegadas (5,08 cm)de largura. É importante que a remessa não possa se mover dentro da caixa original do fabricante.

Selecione uma nova caixa de remessa que seja pelo menos seis polegadas (15,24 cm) mais comprida, mais larga e mais alta que a caixa original do fabricante.

Encha o fundo da nova caixa de remessa com pelo menos duas a três polegadas (5,08 a 7,62 cm) de espuma moldada no lugar, almofadadas de canto ou de aresta de polietileno, embalagem inflável ou outro material adequado.

Coloque a caixa original do fabricante por cima do material de acolchoamento e no centro da caixa de remessa, deixando pelo menos duas a três polegadas (5,08 a 7,62 cm) de espaço em torno dos cinco lados restantes da embalagem.

Preencha o espaço vazio restante da embalagem com espuma moldada no local, almofadas de canto ou de aresta de polietileno, embalagem inflável, bolinhas de enchimento solto ou outro material de enchimento adequado.

Sele a caixa de remessa com fita sensível a pressão ou fita reforçada com nylon de duas polegadas (5,08 cm) ou mais, ou com fita reforçada de 60 libras ativada com água de três polegadas (7,62 cm) de largura. Feche a caixa firmemente, aplicando três tiras de fita adesiva tanto na parte superior quanto na inferior da caixa, para que a costura do meio e das duas bordas sejam seladas.