Quando o mundo mais precisava

Entregas de vacinas não tradicionais preenchem lacunas importantes.

Funcionário da UPS Healthcare trabalhando em uma entrega de cadeia fria de vacinas contra a Covid-19.

O funcionário da UPS, Tony Mazzella, pôde ver e sentir.

A ilha de Manhattan, quase vazia. As pessoas trancadas em casa, os negócios eram uma sombra do que tinham sido, a Times Square estava vazia. A cidade que nunca dorme parecia estar em um sono profundo e sombrio.

A cidade universitária de Ann Arbor também estava silenciosa e Reggie Byron sentiu a diferença. Um campus vazio na Universidade de Michigan, onde 45.000 alunos normalmente enchem as ruas, agora estava quieto. Reggie continuou fazendo as entregas de pacotes de cuidados intensivos para o hospital da Universidade de Michigan durante os primeiros meses, mas tudo tinha mudado.

O que Tony e Reggie não sabiam, nem podiam saber, eram as coisas que aconteciam nos bastidores. Coisas que foram planejadas meses antes e que tornaram possíveis as primeiras entregas de vacinas esta semana.

Como tudo começou

Wes Wheeler, presidente da UPS Healthcare, lembra-se daqueles primeiros dias. “Começamos a planejar em abril, quando nos envolvemos com os estudos clínicos (de vacinas)”, disse Wes. “Isso nos deu muita percepção de como essas vacinas seriam fabricadas e transportadas, e as sutilezas de quais seriam as temperaturas e os locais de fabricação”.

Não foi um processo fácil. A equipe desenvolveu dezenas de milhares de cenários de distribuição para garantir que a UPS tivesse a capacidade necessária em sua rede internacional para lidar com o volume.

Wes acrescentou que, quando a UPS Healthcare foi criada há pouco mais de um ano, o objetivo não era lidar com a logística de uma pandemia global. Porém, o destino tinha outros planos.

No início da pandemia, a UPS foi reconhecida como parte da infraestrutura crítica do país e a empresa preencheu o vazio causado pelo fechamento das instalações de varejo. O volume disparou. Talvez antes a UPS nunca tenha sido tão essencial para a economia mundial.

No entanto, o planejamento estava sendo preparado para uma função ainda mais importante. Convidada para fazer parte da organização da operação Warp Speed, a UPS estava presente ao desenvolverem cenários logísticos, enquanto parcerias públicas/privadas corriam para criar e testar vacinas eficazes contra a Covid-19.

Vista da rua

O que Tony Mazzella sabia com certeza era que as pessoas estavam sofrendo.

“Há seis meses, era uma cidade fantasma”, disse ele. “Foi difícil para todos”.

A primavera deu lugar ao verão e depois ao outono, enquanto continuavam as pesquisas para avaliar a segurança e a eficácia das vacinas, e a UPS acompanhava para anotar todas as etapas do transporte. Continuaram a aperfeiçoar o plano para entregar doses de uma instalação de produção para os braços das pessoas do mundo todo.

Kate Gutmann, diretora de vendas e soluções, vice-presidente sênior da Unidade UPS Healthcare and Life Science, apresentou um panorama recentemente.

“Trabalhamos com a Pfizer e 8 das 10 vacinas em desenvolvimento”, disse Kate. “O planejamento valeu a pena”.

Como ficou claro que a vacina Pfizer-BioNTech teve a melhor chance de obter as primeiras aprovações da FDA e de agências semelhantes em todo o mundo, o quadro ficou mais nítido.

Assista à entrevista com o Yahoo Finance sobre a preparação e a entrega das remessas de vacinas.

Imagem de uma entrevista com o Yahoo Finance sobre a preparação e a entrega das remessas de vacinas.

“Este é o momento da verdade”, disse Wes, descrevendo o período imediatamente anterior à aprovação da vacina pela FDA para uso emergencial. "Passamos meses elaborando estratégias sobre logística eficiente de vacinas com os funcionários da operação Warp Speed e nossos clientes de assistência médica, e chegou o momento de colocar o plano em ação".

A CEO Carol Tomé anunciou ao mundo o orgulho coletivo dos "UPSers" na véspera de se fazer história.

“A distribuição de vacinas é uma parte fundamental para levar nosso mundo adiante, entregando o que importa”, disse Carol. "Temos trabalhadores dedicados em todo o mundo, que foram treinados para armazenar, manusear, transportar e entregar as vacinas. É com prazer que apoiamos nossos parceiros de assistência médica com logística inteligente e eficiente para essas vacinas que protegerão as comunidades e salvarão vidas".

Um momento decisivo para a empresa

O capitão da UPS, Houston Mills, vice-presidente de operações de voo, depois de pilotar o primeiro voo carregado de vacinas para o Worldport da UPS em Louisville, no domingo, disse que Jim Casey, fundador da UPS, teria ficado orgulhoso.

“Quando (Jim Casey) começou a UPS com um empréstimo de US$100 e duas bicicletas para entregar mensagens, ninguém pensaria que hoje estaríamos ajudando a entregar vacinas que podem literalmente mudar a vida das pessoas em todo o mundo... eu sei que o Sr. Casey ficaria orgulhoso”, disse ele.

“A apenas cerca de 90 minutos de uma das instalações de produção de vacinas, em Ann Arbor, Reggie estava, finalmente, fazendo uma das primeiras entregas de uma vacina que poderia acabar com a calamidade de surtos de doenças e mortes por Covid-19.

“Isso faz com que eu me sinta fazendo a diferença na vida das pessoas”, disse ela no dia da primeira entrega da vacina. “Sempre soubemos que nosso trabalho era importante, mas isso o leva a outro nível”.

Tony estava totalmente de acordo. As pessoas de Nova York, normalmente sociáveis e otimistas, estavam reflexivas, resultado de uma viagem aparentemente interminável, que agora tem um raio de luz no fim do túnel.

“Este é o pacote mais importante que eu entreguei em minha carreira”, disse ele, referindo-se aos seus mais de 30 anos na UPS, momentos depois de fazer a primeira entrega no Hospital NYU em Manhattan. “Espero que as coisas voltem ao normal. Que as pessoas voltem ao trabalho... e que possam voltar às suas vidas. Isso é o que eu espero com a administração desta vacina.

Mulheres sorrindo

Vamos Conversar

Gostaríamos de saber mais sobre suas necessidades comerciais.

Entre em contato conosco para saber como um plano de logística personalizado pode ajudar a posicionar sua empresa rumo ao sucesso.

Pergunte a um especialista