• Atrasos devidos ao furacão Maria...Mais
/
Pular para Conteúdo Principal

A Seção II da UPS para Requisitos de Bateria está Mudando

A partir de 1º de janeiro de 2017, a UPS alterará suas exigências para o envio de baterias de lítio via aérea. Essas alterações fundamentam nosso contínuo esforço para garantir a segurança dos nossos funcionários e, ao mesmo tempo, atender às necessidades dos nossos clientes.

A alteração exigirá que todas as remessas aéreas dos EUA e internacionais de células de íons-lítio ou lítio metálico e baterias enviadas sem equipamento pelo UPS Air Service sejam preparadas e enviadas como materiais perigosos totalmente regulamentados. A partir de 1º de janeiro de 2017, a UPS não mais permitirá remessas aéreas sob regulamentações reduzidas, tais como:

  • Seção II das Instruções de Embalagem da IATA 965 (íon, UN3480) e 968 (metal, UN3090)
  • 49 CFR 173.185(c)

Os remetentes precisarão celebrar um contrato de serviço de Mercadorias Perigosas com a UPS para enviar via aérea baterias de íon-lítio ou de lítio metálico sem equipamento. Essa exigência não se aplica às remessas UPS® Ground. Podem ser aplicadas tarifas de serviços adicionais a essas alterações.
 
A lista a seguir mostra os serviços aplicáveis a essas alterações:

UPS Next Day Air®, UPS 2nd Day Air®, UPS 3 Day Select®, UPS Express Critical®, UPS Worldwide Express Plus®, UPS Worldwide Express®, UPS Worldwide Express Freight®, UPS Worldwide Saver®, UPS Worldwide Expedited®, UPS Express® Freight, UPS Air Freight Direct®, UPS Air Freight Consolidated®, UPS Next Day Air® Freight e UPS 2nd Day Air® Freight, bem como serviços UPS Ground no Alasca, Havaí e Porto Rico.

Dúvidas sobre o envio de mercadorias perigosas com a UPS podem ser direcionadas ao seu profissional de vendas da UPS.

  • Sobre a UPS
  • A Seção II da UPS para Requisitos de Bateria está Mudando

Informação relacionada

Links Relacionados

A UPS transporta materiais perigosos de e para países aprovados.

Áreas de Serviço de Materiais PerigososAbrir link em uma nova janela